Páginas

Resenha livro "Fake -Felipe Barenco"

    


Essa semana sera a semana dos livros incríveis, por que, se Máscara foi divino, este não tenho nem palavras para descrever. Consegui terminar de ler em um pouco mais de um dia, não conseguia dormir ate estar quase terminando. Foi uma leitura que valeu muito a pena. Como o livro anterior, este também é literatura nacional.

Sinopse: Téo está prestes a completar vinte anos e foi aprovado para o curso de Direito. Não bastasse a euforia em começar a faculdade, ele conhece Davi, um garoto que acabou de chegar ao Rio de Janeiro para ser ator. Os dois se apaixonam, mas como o mundo real costuma ser um pouquinho menos perfeito do que as comédias românticas, quanto mais Téo se aproxima do rapaz, mais descobre que não sabe nada sobre ele.




Opinião: Imagine um livro com muitas emoções e todas elas muito bem trabalhadas. Imaginou? Se sim, saiba que este é o livro, me senti numa longa montanha russa, muitas sensações, parecia que eu era a melhor amiga do Téo, que eu estava lendo um diário dele, foi raiva, choro, carinho, amor, vontade de ir lá e abraça-lo, tudo junto, achei bem engraçado essa mistura de sentimentos. Felipe Barento sabe muito bem escrever um livro, e este não é apenas um livro, é um livro gay coisa que não existe normalmente em nossa literatura, ver um autor introduzindo isto em uma sociedade tão preconceituosa e precária no sentido social é maravilhoso, e o jeito como ele introduz isto, é melhor ainda. O livro trata de assuntos bem delicados e polêmicos, como por exemplo o HIV de forma única, espontânea, sem fazer aquele tipo que "força" sabem!? Mostra a realidade das coisas, da vida, e é isto que estamos precisando hoje em dia. 



A diagramação é perfeita, tem algumas páginas que parecem mensagens de celular. Simples e linda. Faz referências a alguns clássicos da internet como o MSN e Orkut. O livro não poderia receber nenhuma nota que não fosse:
5/5

Resenha do livro Máscara


Ola, hoje venho aqui publicar uma resenha de um dos melhores livros de terror que eu já li, e olha que sou muito fã do gênero. Confesso que comecei com um certo preconceito por ser autor nacional, mas acabei "quebrando a cara". O livro é o Máscara, do autor " Luiz Henrique Mazzaron". E já começo dizendo que é um dos melhores contemporâneos nacionais na minha opinião.

Sinopse: Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus. Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana...Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?"


Opinião: É um livro que te prende do início ao fim, eu fiquei totalmente encantada, paralisada, dominada, agoniada, enfim, com o mundo de Domus, é uma leitura bem diferente de tudo que eu já li.


A diagramação, é simples, letras grandes, e linguagem fácil o que facilita bastante a leitura. É um livro que te suga e por isto a leitura é bem rápida e fluida, o único ponto negativo, é que tem muitos personagens e eu acabava me embolando nisto, mas com o tempo você se acostuma e isto deixa de ser um problema. Por estes motivos este livo não merece nenhuma nota alem de:
5/5



Resenha do livro: No Escuro de Elizabeth Haynes

 




       Primeira postagem do blog *o*, e para começar com o pé direito, hoje eu vim trazer para vocês a resenha do livro mais maravilhoso que li neste mês, No Escuro, que foi o primeiro romance da escritora Elizabeth Haynes, a mesma tem mais outros livros que eu já comprei e assim que eu ler vai sair resenha aqui no blog.
       Mas antes de qual quer coisa vou falar um pouco sobre ....




Sinopse:  “Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo… Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele. Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele. Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo. Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador.”


Sobre o livro: 
       A história é muito boa, sobre uma menina Cathy que conheceu o tal do menino dos sonhos, loiro, forte, alto dos olhos azuis, no qual as amigas ficaram babando. No entanto, como ninguém é perfeito, ele também não era, Lee era obsessivo e extremamente ciumento, vivia seguindo Cathy e com o tempo começou a bater nela. Cathy tentava contar as suas amigas, tentava separar, mas sabe a separação em casos assim não é tão simples e fácil como imaginamos. Lee tinha um emprego que por algum motivo demorou bastante a contar a Cathy oque era, e este emprego de Lee o possibilitava manipular as amigas dela e assim ninguem acreditava em Cathy. É um livro de muitos baixos e poucos altos, com final quase que surpreendente, embora  um pouco previsível.
        Foi sem duvida um livro de tirar o fôlego, muito suspense, adrenalina. É com certeza um livro que você "engole". É aquele tipo de thriller que te faz sair de casa com medo de estar sendo observada. Elizabeth tem uma escrita tão boa que você se sente os proprios personagens, é como se você estivesse realmente vivendo aquela história.
      Este é o tipo de livro que jamais saíra da minha estante e que recomendo de olhos fechados. Os capítulos não possuem nome e o livro até certa parte se passa no antes 2003/2004 e no atual 2007/2008. Após o término da leitura fica aquela saudade dos personagens, é o tipo de livro que você irá sofrer com a resseca literária.

       Em relação a erros gráficos, não existe nenhum tão evidente. É muito difícil você resenhar sobre um livro que amou, a única coisa que posso dizer é LEIAM.
        E por esta maravilhosa escrita, narrativa e história o livro de hoje ganha, 5 DIAMANTES: